Rede de Bibliotecas do Concelho de Cuba

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Documentos da Rede

Protocolo de Cooperação Manual de Procedimentos do Portal

Ana Paula Figueira - outubro 2014

Ana Paula Figueira Este mês, o destaque vai para uma autora alentejana: Ana Paula Figueira. Ana ...

Concurso Nacional de Leitura 2018

A BEC (Biblioteca escolar de Cuba) participa, como é habitual, no Concurso Nacional de Leitura,...

dezembro 2016

Em dezembro há férias, logo...há tempo para ler +!Eis as nossas sugestões par o mês de dezembro:Pré...

  • Documentos da Rede

    Quinta, 11 Março 2010 17:52
  • Ana Paula Figueira - outubro 2014

    Terça, 28 Outubro 2014 10:34
  • Concurso Nacional de Leitura 2018

    Terça, 09 Janeiro 2018 12:43
  • dezembro 2016

    Segunda, 12 Dezembro 2016 14:42
  • CONVITE: Apresentação do Livro de Jorge Serafim "A Minha boca parece um deserto"

    Sexta, 30 Maio 2014 08:50
Rede de Bibliotecas do Concelho de Cuba

Natal, tempo de esperança...

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Natal, tempo de esperança...

Dezembro é um mês onde os valores como a solidariedade e a partilha assumem uma importância redobrada.

Em Dezembro recuperamos a energia, depois de um ano de trabalho, no aconchego do nosso lar e junto daqueles que mais estimamos.

Dezembro é o mês do Natal e hoje, mais do que nunca, acalentamos a esperança; esperança nos tempos que se aproximam com um novo ano; esperança que os homens saibam, inteligentemente, definir o rumo certo, numa sociedade global que carece de ânimo e tranquilidade.

Encaremos pois o tempo de Natal como um ímpar momento da vida: hoje, amanhã, sempre.

Boas Festas e um Feliz Ano Novo.

Actualizado em Sexta, 16 Dezembro 2011 11:20
 

Pelo sucesso, valorizar a leitura

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O primeiro período letivo já vai a meio. Nas escolas procede-se à avaliação intercalar. Nas bibliotecas já se comemorou o Dia Internacional da Biblioteca Escolar, um momento crucial para divulgação do recurso BE. E os livros começaram a sair das estantes.

A pouco e pouco, vamo-nos habituando ao ritmo do tempo chuvoso e frio. Começamos a sentar-nos à lareira com um livro na mão e deixamo-nos embrenhar nas histórias e vidas de outros. Para muitos, é tempo de reler algumas das referências literárias. A mão corre pelos livros, na estante, e o olhar fixa-se no romance Onde Está a Felicidade?, do grande Camilo ( Castelo Branco, leia-se). A releitura permite, à distância da idade da primeira leitura, perceber melhor os contornos do retrato da sociedade da época e, pelo atual contexto, entender melhor a importância do dinheiro e do estatuto como forma de promoção social. Brilhantemente, Camilo tece uma dura crítica à sociedade, onde as desigualdades são lei. Mas a história é, também, a procura da felicidade de Guilherme e Augusta, evidentemente, um rico e outro pobre.

Fecha-se o livro sobre o regaço e uma aura de tranquilidade e prazer aflora-nos. O conhecimento sobre outras épocas permite-nos compreender melhor aquela que hoje vivemos.

Esquecemo-nos, frequentemente, que os livros são demasiado importantes para serem esquecidos nas estantes de uma qualquer biblioteca.

Esquecemo-nos, fequentemente, que a leitura eleva os níveis de cultura e melhora os resultados dos alunos. Em todas as áreas disciplinares.

Esta reflexão sobre o prazer de ler pretende, apenas, evidenciar a importância da leitura na formação das crianças. Os hábitos mudaram . Vivemos a um ritmo que nos impede de parar um pouco. Para ler, para refletir. Retomemo-lo, como retomamos, por vezes, a leitura de um livro esquecido na estante. Que os nossos filhos nos vejam a ler. Para que os contagiemos com as nossas leituras e com os nossos hábitos. Chama-se, a isso, aprender. Promove-se, com isso, o sucesso das nossas crianças.

Actualizado em Sexta, 11 Novembro 2011 10:54
 

Ler a 2 - 2011

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

As famílias desempenham um papel fundamental para a criação de hábitos de leitura em casa, tirando partido dos tempos livres.
Mediante requisição, a biblioteca escolar disponibiliza livros, adequados a diferentes faixas etárias, para leitura domiciliária . As crianças poderão, assim,  partilhar  momentos de leitura com os pais, avós ou outros familiares para, progressivamente, se tornarem  mais autónomas. Porque sabemos que, por vezes, é necessário um incentivo, oferecemos às famílias o projeto “Ler a 2”, cujos objetivos são:
Objetivos:
• Motivar pais e filhos para a leitura;
•  Estimular o prazer de ler nas crianças e nos jovens, intensificando o contacto precoce com os livros e a leitura em casa e na escola, designadamente nas salas de aula e nas bibliotecas escolares.
Atividades:
• Encontros visando a formação do mediador (pais/encarregados de educação);
• Empréstimo domiciliário de livros centrado na biblioteca escolar;
• Atividades de leitura entre pais e filhos realizadas em casa.
Público-alvo:
• Alunos do pré-escolar, 1º ciclo, 2º e 3º ciclo
• Pais e Encarregados de Educação
Duração do projeto:
• 8 semanas
O 1º encontro do projeto realiza-se no dia 2 de novembro, pelas 21h, na Biblioteca Escolar de Cuba.
Contamos consigo!

Actualizado em Quinta, 27 Outubro 2011 09:21
 

Outubro - Mês da Música

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Outubro – Mês da Música

O Dia Mundial da Música, 1 de Outubro, foi instituído em 1975 pelo International Music Council, uma organização não governamental sob o patrocínio da UNESCO. Pretende-se, com esta celebração, promover os valores da paz e da amizade por intermédio da música.

A música mais não é do que uma prática cultural e humana, sendo entendida por muitos como uma forma de arte. Contudo, ela tem também funções mais pragmáticas e terapêuticas, surgindo ligada a diferentes manifestações do quotidiano do indivíduo, como sejam a religião, a vida militar, a prática educativa e desportiva. Enfim, há quem não prescinda da música para criar e, até no exercício das diversas profissões, ela ajuda a aliviar o stress e a tensão, ampliando níveis de concentração capazes de provocar efeitos diretos na produtividade de qualquer indivíduo ou equipa.

O convite que lhe formulamos é que venha brincar, escutar, cantar ou dançar ao som de barulhos e ruídos produzidos de forma tão harmoniosa, como só os nossos artistas o conseguem fazer.

Aproveite e visite a mostra patente na galeria de exposições. Uma mostra dedicada à nossa banda e que contempla informação escrita sobre o seu historial, imagens fotográficas e alguns instrumentos musicais.

Mas, se quiser, também pode assistir às duas prestações que temos agendadas, dois ensaios concertos: um da responsabilidade da Fábrica da Música e outro da Banda da Sociedade Filarmónica,que pretendem envolver todos os nossos visitantes e, quem sabe, descobrir nalguns deles dotes artísticos desconhecidos ou adormecidos no tempo…

 

Consulte o programa detalhado em www.cm-cuba.pt

 

Agradecimentos:

A Biblioteca Municipal de Cuba agradece à Sociedade Filarmónica Cubense 1º de Dezembro e à Fábrica da Música a excelente colaboração prestada nestas atividades, sem a qual nos seria completamente impossível realizá-las. O nosso muito obrigado!

 

Mês Internacinal da Biblioteca Escolar

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Outubro é o Mês Internacional da Biblioteca Escolar, que tem, este ano, o lema «Biblioteca Escolar. Saber. Um Poder para a Vida». Para assinalar as comemorações, a Biblioteca Escolar de Cuba tem atividades para todos os alunos do agrupamento.

Brevemente divulgaremos o programa!