Rede de Bibliotecas do Concelho de Cuba

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Documentos da Rede

Protocolo de Cooperação Manual de Procedimentos do Portal

Ana Paula Figueira - outubro 2014

Ana Paula Figueira Este mês, o destaque vai para uma autora alentejana: Ana Paula Figueira. Ana ...

Concurso Nacional de Leitura 2018

A BEC (Biblioteca escolar de Cuba) participa, como é habitual, no Concurso Nacional de Leitura,...

dezembro 2016

Em dezembro há férias, logo...há tempo para ler +!Eis as nossas sugestões par o mês de dezembro:Pré...

  • Documentos da Rede

    Quinta, 11 Março 2010 17:52
  • Ana Paula Figueira - outubro 2014

    Terça, 28 Outubro 2014 10:34
  • Concurso Nacional de Leitura 2018

    Terça, 09 Janeiro 2018 12:43
  • dezembro 2016

    Segunda, 12 Dezembro 2016 14:42
  • CONVITE: Apresentação do Livro de Jorge Serafim "A Minha boca parece um deserto"

    Sexta, 30 Maio 2014 08:50
Rede de Bibliotecas do Concelho de Cuba

“DORMINDO COM OS LIVROS” NA BIBLIOTECA MUNICIPAL

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Câmara Municipal de Cuba, em parceria com a Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas do Concelho de Cuba, promove mais uma edição da iniciativa “DORMINDO COM OS LIVROS”. Trata-se de uma atividade destinada aos alunos do 1º Ciclo, que tem como objetivo principal fomentar o gosto pela leitura. Entre livros e histórias, pretende-se proporcionar às crianças divertidos momentos de animação e convívio, com direito a dramatização por parte da Trupe Mainante, numa noite que será, certamente, muito especial.

Actualizado em Sexta, 30 Maio 2014 10:45
 

Ler é crescer

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O título do editorial esconde um propósito e revela outro. O revelado, é óbvio: Ler ajuda, efetivamente, a crescer. Aos mais pequenos, ajuda-os a entrar no mundo da escrita e da leitura, logo, favorece e facilita a alfabetização e, por extensão, a literacia. Ler, ajuda-nos, ao longo da vida, a crescer intelectualmente. Ajuda-nos a ter sentido crítico e interventivo, ajuda-nos a ser cidadãos conscientes e participativos, ajuda-nos a ser, portanto, mais democráticos.

Clarificado o primeiro propósito, revelemos o segundo: A leitura não se faz sem o livro, sem o jornal, sem a revista, sem os dispositivos de leitura digital. A leitura dificilmente se fará sem a divulgação da mesma. Sem a divulgação do livro, sem a divulgação dos autores, sem a divulgação dos ilustradores, sem as conversas em torno do livro e da leitura.

Visite as nossas bibliotecas e requisite livros; participe em encontros com escritores; descubra os livros digitais nos seus dispositivos móveis, participe em círculos de leitura ou clubes de leitores. É maio, o bom tempo traz a vontade de um passeio pelos jardins e parques.  Faça-se acompanhar de um livro e partilhe o prazer de ler, a sós ou com um amigo.

Boas leituras!

 

 

Actualizado em Quinta, 08 Maio 2014 10:35
 

SEMANA DA LEITURA 2014

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Semana da leitura“Ler é uma Festa” de 17 a 21 de março.
Em 2014 celebra-se a Língua Portuguesa na Semana da Leitura. Durante uma semana a Biblioteca Escolar e a Biblioteca Municipal de Cuba desafiam a comunidade a “Ler por Prazer, Ler Para Aprender”.
 
A Semana dedicada à Leitura começa, a 17 de março, com “Literacias e Comunicação Matemática” na Escola Básica Fialho de Almeida e termina no dia 21 com Poesia e Workshop “Molduras com Poesia” na Biblioteca Municipal de Cuba.
 
No dia 20 de março o destaque vai para a Escola Básica Fialho de Almeida a receber o escritor Luís Miguel Ricardo, para um encontro com os alunos, pelas 14h30m e pelas 21H a Biblioteca Municipal abre as portas para as famílias assistirem a uma Sessão “Ler a 2 – Projetos de Leitura”.
 
Para o dia 21 de março, em que se assinala o Dia Mundial da Árvore e o Dia Mundial da Poesia, a proposta passa pela Ação de Sensibilização “Reflorestação do Parque Manuel António de Castro” com algumas árvores, pelos alunos do ensino pré-escolar e 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Cuba e pelas 17H30m há “Descoberta da Poesia” na Biblioteca Municipal de Cuba.   

“Ler por Prazer, Ler Para Aprender"

Actualizado em Sexta, 14 Março 2014 16:24
 

Ler a 2/2 a ler - literacia(s) e comunicação matemática

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Ler a 2/ 2 a ler- literacia(s) e comunicação matemática

No ano letivo transato, a biblioteca escolar de Cuba candidatou-se ao projeto Ideias com Mérito e viu a sua candidatura aprovada. A justificação para esta candidatura decorreu da  questão assumida como problemática no Projeto Educativo do Agrupamento (PEA), que se reporta aos resultados alcançados pelos alunos do nono ano nos exames nacionais, a português e a matemática. Em termos globais, verificavam-se algumas oscilações ao longo dos diferentes anos letivos, verificando-se contudo que, nos exames nacionais, os resultados a matemática se situavam, por vezes, abaixo da média nacional. Nesta disciplina, alguns alunos do terceiro ciclo aplicavam conhecimentos em situações de resolução imediata, mas não tinham o domínio suficiente desses conhecimentos para a sua aplicabilidade noutras situações. Este diagnóstico é sustentado e está diretamente, relacionado com o facto de, a nível da leitura, os alunos serem capazes de estabelecer relações diretas, mas não terem capacidade de análise para interpretar e inferir. Quer os professores de matemática, quer os de português referiram que as dificuldades dos alunos se situavam a nível da leitura, especificamente da compreensão oral e escrita, que se reflete na comunicação, nos dois níveis e, numa perspetiva transversal, a todas as disciplinas. Considerando que não há matemática sem interpretação, nem interpretação sem leitura, subsistirão dificuldades a nível da interpretação do texto, se não existir uma tomada de decisão consciente ao nível do desenvolvimento do raciocínio, facilitador da resolução de problemas. Realizado o diagnóstico, constatou-se que os problemas de literacia identificados requeriam estratégias para os ultrapassar, que se situassem a dois níveis de intervenção: prática pedagógica e prática formativa; instituindo momentos de reflexão ao nível da planificação e sobre as práticas.

Continuar...
 

Biblioteca Municipal de Cuba

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

A Biblioteca Pública Municipal é um equipamento cultural do município de Cuba, organicamente integrado na Divisão de Gestão Municipal – constituindo-se como uma Subunidade.
Dar resposta às necessidades de educação, informação, cultura e lazer são objetivos defendidos pela UNESCO pelos quais procura pautar a sua conduta, no intuito democrático de fornecer um conjunto de serviços cada vez mais diversificado a toda a comunidade.
Assumindo-se como um organismo vivo em tempo de mudança e aliando o conforto dos seus espaços ao conceito de leitura em livre-acesso, a biblioteca complementa o acesso ao livro e à informação escrita, oferecendo aos seus utilizadores a possibilidade de usufruírem também das novas tecnologias de informação, disponibilizando postos gratuitos de acesso à Internet, postos informáticos para auto-formação e suportes audiovisuais.
A biblioteca é, no contexto emergente da sociedade de informação e do conhecimento, importantes pólo de interesse na vida social, cultural e educativa da comunidade onde se inserem.
 

Actualizado em Segunda, 24 Fevereiro 2014 11:49